quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Artesanato ecológico: faça um ciclope amigo da natureza

Jogue uma garrafa PET a menos no lixo
e faça um ciclope com a criançada
Fotos: Sérgio Teixeira/Folha da Região
Cada pessoa vê o mundo de um jeito diferente. Se você fosse uma aranha, teria oito olhos para enxergar as coisas. Se fosse um cachorro, conseguiria ver o mundo colorido, mas não poderia distinguir o vermelho do verde. Se fosse um ciclope, iria ter somente um olho para observar tudo que estivesse ao seu redor. Mas, que história é essa de uma criatura com um olho só?

Os antigos gregos achavam que os ciclopes existiam, pelo menos nas histórias populares contadas de pais para filhos. Na mitologia deste povo, esta criatura era um gigante imortal com um olho só no meio da testa. Eles tinham um trabalho bastante diferente, que era fabricar os raios usados pelo deus Zeus.

Uma das lendas em torno dos ciclopes diz que eles possuíam grande poder físico. Seus trabalhos eram muito pesados e nenhum humano conseguiria realizá-lo tão facilmente. Acredita-se que esses ciclopes sejam os responsáveis pela construção das muralhas das cidades de Tirinto e Micenas. Com uma garrafa pet, alguns retalhos de EVA e muita criatividade, você pode construir um monstro ciclope com a criançada.

MONSTRO CICLOPE

Você vai precisar de:
1 garrafa pet pequena sem a tampa;
Balão de festa colorido;
Retalhos de EVA;
Cola para EVA;
Lã;
Canetinha colorida;
Lápis preto;
Tesoura sem ponta.

Como fazer:
Corte a ponta do seu balão colorido e use-o para encapar a garrafa pet. Antes de começar, você pode esticar bem o balão para ficar mais fácil.

Com o lápis preto ou a canetinha, desenhe no EVA colorido as mãos, os pés, os olhos e a boca do monstro. Recorte as partes desenhadas com a tesoura sem ponta. Use a cola de EVA para deixar tudo bem grudado na garrafa pet.

Enquanto isso, pegue um punhado de lã e cole no bico da garrafa para o boneco ficar bem cabeludo. Você poderá fazer vários modelos de monstros, basta apenas usar balões com cores diferentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário