quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Pasta do meio ambiente começa censo arbóreo em Valparaíso

'Censo verde' é feito com tecnologia de georreferenciamento
Foto: Divulgação
As árvores plantadas em Valparaíso, na região de Araçatuba, são alvo de um levantamento de campo, iniciado no mês de outubro, para ajudar o poder público a diagnosticar a situação do verde na zona urbana.

Junto com o censo arbóreo, a Prefeitura anunciou o plantio de dez mil mudas, até o próximo ano, para melhorar o microclima da cidade.

O levantamento utiliza recurso de georreferenciamento para cadastrar todas as árvores existentes na cidade. Assim, se algum exemplar for cortado sem autorização, será possível cruzar as informações digitais com a área onde ocorreu o extermínio para punir o responsável do terreno. Além disso, o censo arbóreo também prevê o mapeamento das áreas onde há pouco verde.

O diretor municipal do departamento de Meio Ambiente, Gustavo Henrique Ramos Salesse, diz que uma sondagem já indicou a necessidade de plantar dez mil árvores, incluindo arborizar os novos loteamentos abertos nos últimos anos.

Conforme Salesse, o plantio já começa no próximo mês, aproveitando o período de chuvas, e se estenderá até ao longo de 2014. O censo, por sua vez, deve ser concluído em janeiro.

"O objetivo de plantar mais árvores é proporcionar melhor efeito estético à cidade, bem-estar psicológico ao morador, sombra para os pedestres, proteção em relação ao vento, auxílio na drenagem urbana, amenizar a poluição sonora e influenciar positivamente no microclima, pois a cidade deve ficar mais fresca e com o clima mais ameno", explica Salesse.

O diretor da pasta ambiental diz que os próximos plantios serão com espécies variadas, como pata-de-vaca, resedá e ipês. Cerca de R$ 50 mil deverão ser investidos com as mudas, valor que será custeado por parceiros da iniciativa privada e pelo Fundo Municipal do Meio Ambiente. Dez servidores estão envolvidos no trabalho, do censo arbóreo aos plantios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário